O que você vai aprender Quais as estratégias de manutenção estão hoje em voga no mercado brasileiro, assim como no mercado mundial de manutenção? Como se pode definir a estratégia mais adequada para cada caso; Como se deve moldar ou “customizar” um plano de manutenção para atender a real necessidade do Cliente. Como se deve avaliar a infraestrutura existente e rever / ajustar os seus planos de manutenção, tornando-os mais efetivos e otimizando recursos; A necessidade de se estruturar planos de trabalho e operação, assegurando a retenção do conhecimento em sua organização, assim como a base para o treinamento e a capacitação de suas equipes de trabalho. Definir níveis mínimos de serviço e indicadores de performance / desempenho para o monitoramento de resultados. Qual a importância em se construir painéis de indicadores ou dashboards e como trabalhar com a análise cruzada de indicadores? A importância em se definir a ferramenta de benchmarking interno em uma corporação (para a área de manutenção), assim como definir índices que permitam a comparação com o mercado onde se atue. Como se deve dimensionar as equipes de operação e manutenção; existem métricas para acompanharmos este dimensionamento perante os resultados? Estruturar relatórios, executar processos de cadastramento e controle através de uma ferramenta informatizada de gestão com vasta aplicação no mercado de manutenção. Como irá se beneficiar Estruturar de forma técnica e customizada o seu departamento de manutenção e recursos necessários à atender as demandas de seu Cliente interno ou externo. Construir modelos de monitoramento e gestão que lhe permita avaliar de forma contínua e eficaz os resultados obtidos, orientando-lhe quanto a eventual necessidade de ajustes e revisões no processo. Ter o contato com uma ferramenta informatizada de gestão de larga aplicação / utilização no mercado, compreendendo o seu modo de utilização e respectivos pontos positivos para o desenvolvimento de suas atividades de gestão. Assegurar uma operação eficaz e sob o controle do gestor e supervisores. Público-alvo Engenheiros, gerentes, dirigentes, supervisores de manutenção e de infraestrutura, assim como empreendedores do ramo de manutenção predial. Observação: Considerando o seu viés prático de planejamento e estruturação, o curso exigirá que os alunos já atuem no segmento e detenham algum conhecimento das atividades de planejamento e controle da manutenção. Duração 40 horas
1) Introdução a. Conceitos básicos de manutenção necessários ao planejamento de suas atividades e dimensionamento das equipes:  Operação Predial (conceito, tipos de atuação);  Manutenção Predial (conceito, tipos de manutenção);  Planos de Operação;  Planos de Manutenção;  Canais de entrada para solicitações em manutenção;  O controle de tempos na manutenção;  Tipos de contratação (orgânica, terceirizada ou mista), vantagens e desvantagens em função de sua necessidade;  SSMA;  Almoxarifado de Manutenção; b. Escopo de Prestação de Serviços em Manutenção:  Expectativas e necessidades dos usuários e proprietário;  Demandas técnicas de projeto;  O mapeamento de processos (atual x desejado);  Volumetria histórica;  Níveis mínimos de qualidade; 2) Planejamento Estratégico: a. Conceituação de Planejamento Estratégico; b. Conceituação de Confiabilidade e Risco na Manutenção:  Conceitos aplicáveis na manutenção predial (MCC, RBM);  Matriz de Criticidade ou Decisão; c. A customização de planos de trabalho e sua importância para o sucesso de uma operação; d. O Planejador da manutenção, sua formação, perfil, experiências e habilidades; e. As etapas de um planejamento envolvendo:  A compreensão / “tradução” sobre as necessidades e expectativas do Cliente;  A equipe de Gestão da O&M e sua estrutura de cargos e funções;  A definição do escopo e o estabelecimento de metas (níveis ou acordos de serviço, indicadores para o processo, etc);  A elaboração de: i. Planos de Manutenção: • Elegibilidade e Inventário (sistemas e famílias de equipamentos na manutenção); • O “tagueamento” e a classificação dos itens de manutenção; • A customização e apresentação de rotinas de manutenção; • O cronograma de trabalho; • Formulários e documentos de campo; ii. Planos de Operação: • Objetivos e conteúdo mínimo; • Tipos de planos de Operação; • Formas de apresentação; • Políticas de treinamento (externo e “on the job”); iii. Planos ou programas de vistorias e inspeções: • Determinação do necessário; • Estabelecendo o escopo e profissionais envolvidos; • A compatibilização desta atividade com o plano de operação e manutenção;  O dimensionamento de equipes de operação & manutenção: i. Planilhas de hora / homem por atividade de manutenção; ii. Planilhas de hora / homem por atividade de operação; iii. Horas efetivas disponíveis; iv. Outras atividades importantes para o dimensionamento;  Documentação Técnica e Legal, sua guarda e controle;  Planejando a implantação: i. A seleção de um parceiro estratégico; ii. Mobilização e Implantação;  O monitoramento de resultados: i. Matriz de responsabilidades; ii. Formas de gestão e controle; iii. O Histórico de Manutenção; f. Planejamento de Paradas em Manutenção:  Conceito de Parada;  Diagnóstico e levantamento de necessidades;  Coordenação e matriz de responsabilidades;  Fluxos de comunicação, incluindo a comunicação visual;  A coordenação de equipes;  Consolidação de resultados; g. Medição & Verificação (M&V):  Noções básicas sobre o Protocolo Internacional de Medição e Verificação (IPMVP);  Opções de Medição aplicáveis ao nosso dia a dia; 3) Gestão de Resultados: a. Matriz de expectativas do Cliente para o monitoramento de resultados; b. Relatórios Gerenciais, seus objetivos e funções; c. Conceito de Manutenção a Vista; d. Definição dos Níveis Mínimos de Serviço ou SLA; e. Definição dos Indicadores de Performance ou Desempenho para os diferentes processos:  Técnicos e de Confiabilidade;  Financeiros;  De qualidade;  De pessoal (mão de obra);  Energéticos e de consumo; f. A composição de painéis de indicadores ou Dashboards; g. A importância do PDCA e do fator tempo (de reação e atuação) h. Análise de viabilidade em projetos voltados para a manutenção (eficiência, retrofits):  Etapas de um estudo de viabilidade;  Cálculo de payback;  Valor Presente Líquido (VPL);  Taxa Interna de Retorno (TIR);  Determinando o resultado de seu projeto; 4) Sistemas Informatizados de Gestão: a. Principais funções de um CMMS;  Agilidade / mobilidade;  Registro e controle;  Integração com concentradores e demais sistemas;  Organização de informações;  Dados para o planejamento e gestão de ativos; b. Planejamento e etapas de implantação; c. Gestão CONTÍNUA de resultados; 5) Oficinas e Dinâmicas (em grupo): a. Elaboração de Planejamento da Manutenção (em etapas); b. Elaboração de modelo de gestão e acompanhamento de resultados; c. Elaboração de Planejamento de Parada; d. Elaboração de Plano de M&V; e. Operação REAL de um sistema CMMS em classe, seguindo as etapas de sua implantação, dentro de um ambiente didaticamente estruturado e demonstrando a sua aplicação perante o que fora demonstrado em aula.
  • Planejamento da Manutenção de Ativos Imobiliários
  • Planejamento da Manutenção de Ativos Imobiliários
Maio - Terças e Quintas-feiras:
  • 01/05 (quarta-feira) das 18:30 as 22:45 no formato presencial e Online
  • 02/05 (quinta-feira) das 18:30 as 22:45 no formato presencial e Online
  • 08/05 (quarta-feira) das 18:30 as 22:45 no formato presencial e Online
  • 09/05 (quinta-feira) das 18:30 as 22:45 no formato presencial e Online
  • 15/05 (quinta-feira) das 18:30 as 22:45 no formato presencial e Online
  • 16/05 (quinta-feira) das 18:30 as 22:45 no formato presencial e Online
  • 22/05 (quinta-feira) das 18:30 as 22:45 no formato presencial e Online
  • 23/05 (quinta-feira) das 18:30 as 22:45 no formato presencial e Online
  • 29/05 (quinta-feira) das 18:30 as 22:45 no formato presencial e Online
  • 30/05 (quinta-feira) das 18:30 as 22:45 no formato presencial e Online
  • 31/05 (sexta-feira) das 8:00 as 18:00 no formato PRESENCIAL
Horários Início: 18h30 Coffee break: 20h15 às 20h30 Encerramento: 22h45 O que está incluso Apostila Digital em PDF (disponibilizada por e-mail aos participantes em até 24 horas da data de início do curso) Material de Apoio; Serviço de Coffee-breaks; Certificado de Participação digital (atentar a correta grafia do seu nome na lista presença que circulará no primeiro dia de curso) Observações Levar Notebook ou Tablet/IPAD, com adaptador para a nova tomada “PADRÃO BRASILEIRO”; Na hipótese de quórum insuficiente, impossibilidade de comparecimento do professor, imprevistos ou motivos de força maior, a AEA Educação Continuada se reserva ao direito de cancelar ou reagendar o curso programado visando preservar o melhor interesse de todos; Especialmente, em caso de viagens, antes de se deslocar, solicitamos entrar em contato, a fim de confirmar as informações sobre data e local do curso, evitando transtornos; Em caso de cancelamento, a AEA Educação Continuada avisará a todos os inscritos (através de e-mail), e devolverá integralmente os valores pagos pela inscrição; O inscrito poderá solicitar o cancelamento da sua inscrição, via e-mail, até 10 (dez) dias antes do início do curso. Neste caso, os valores pagos serão devolvidos. Em todos os casos, recomendamos a leitura atenta, e integral, do Contrato de Adesão aceito no ato da efetivação da inscrição online.